Campo Grande: a formação da sociedade local e o desenvolvimento de sua identidade cultural

  • Aparecido Francisco dos Reis
Palavras-chave: cultura, representação do espaço, identidade.

Resumo

Resumo: O artigo a seguir é resultado de pesquisas acerca da formação da mentalidade e da cultura do homem quehabita a cidade de Campo Grande e parte do estado de Mato Grosso do Sul. Serão discutidos os modos de pensar,agir e sentir da população local. O estudo foi realizado mediante a observação sistemática do material simbólicocomo registro de opiniões, dos sentimentos e do pensamento social. Nesse sentido, pensa-se numa sociedade comcaracterísticas agrárias centrada, ainda, numa mentalidade passadista, mas que caminha em direção ao que asociologia identifica como contínuo folk-urbano, isto é, uma sociedade em transição do rural para o urbano.

Referências

CÂNDIDO, Antônio. Os parceiros do Rio Bonito. São Paulo: Duas Cidades, 1962.

_____. Formação da Literatura Brasileira. 2. ed. Belo Horizonte: Itatiaia, 1981.

DAMATTA, Roberto. O que faz brasil, Brasil? 9. ed. Rio de Janeiro: Rocco, 1998.

IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) Censo 2000.

MACHADO, Paulo Coelho. A rua velha. Campo Grande: Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, 1999.

MATO GROSSO DO SUL. Cenários para Mato Grosso do Sul 1999-2000. Secretaria Estadual de Planejamento, Ciência e Tecnologia, 2000.

OLIVEN, Ruben George. Urbanização e mudança social no Brasil. Petrópolis: Vozes, 1982.

_____. Antropologia de grupos urbanos. 4. ed. Petrópolis: Vozes, 1996.

REDFIELD, Robert. The folk culture of Yucatan. Chicago: University of Chicago Press, 1941.

VANDERLEI, Maria Nazareh Baudel. O que há de moderno no Brasil rural. Caxambu: ANPOCS, 1997.

WEBER, Max. A ética protestante e o espírito do capitalismo. São Paulo: Abril Cultural, 1980. (Os pensadores). WEINGARTINER, Alisolete do Santos. O movimento divisionista em Mato Grosso do Sul. Porto Alegre: Edições Est., 1995.

Publicado
2016-02-29
Seção
Artigos