Sistemas de inovação e promoção tecnológica regional e local no Brasil

  • Francisco de Assis Veloso Filho
  • Jorge Madeira Nogueira
  • Jorge Madeira Nogueira
Palavras-chave: Inovação tecnológica, desenvolvimento regional, desenvolvimento local.

Resumo

Reconhecer a importância do conhecimento para o desenvolvimento econômico renovou os debates sobre otema do desenvolvimento regional. O Sistema Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (SNDCT)articula sistemas setoriais, redes de organizações e estruturas estaduais e municipais de inovação, conduzindoiniciativas voltadas à promoção tecnológica de regiões e localidades, tais como cadeias produtivas, parques tecnológicose incubadoras de empresas; plataformas tecnológicas e arranjos produtivos e as redes de tecnologia. Estados eMunicípios contam com novos elementos para a discussão de estratégias de desenvolvimento e para a definição demedidas e projetos de crescimento econômico.

Referências

ALBUQUERQUE, Lynaldo Cavalcanti; ROCHA NETO, Ivan. Ciência, tecnologia e regionalização. Descentralização, inovação e tecnologias sociais. Rio de Janeiro: Garamond, 2005.

______. Sistemas estaduais de ciência e tecnologia: uma avaliação. Brasília: ABIPTI e IBICT, 1996. ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE ENTIDADES PROMOTORAS DE EMPREENDIMENTOS INOVADORES. Agenda das cidades empreendedoras e inovadoras. Brasília: ANPROTEC, 2004.

______. ANPROTEC Promovendo o Empreendedorismo e a Inovação. Perfil Institucional. Brasília: autor, 20??.

______. Panorama 2004. Brasília: autor, 2005. BRASIL/PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA. Diretrizes de Política Industrial, Tecnológica e de Comércio Exterior. Brasília: Casa Civil/PR, nov. 2003.

CASSIOLATO, José Eduardo ; LASTRES, Helena Maria Martins. Sistemas de inovação: políticas e perspectivas. In: Parcerias Estratégicas, Brasília, n. 10, p. 237-256, maio 2000.

CASSIOLATO, José Eduardo; SZAPIRO, Marina. Arranjos e sistemas produtivos e inovativos locais no Brasil. Rio de Janeiro: Instituto de Economia/UFRJ, set. 2002 (Nota Técnica). Disponível em: . Acesso em ago. 2004.

COMPETIR - Desenvolvimento de economias regionais no Nordeste do Brasil. Organizando o Diálogo. Recife, PE: SENAI, GTZ e SEBRAE, 20?? (Projeto de Cooperação Brasil – Alemanha). CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA. Mapa Estratégico da Indústria 2007-2015. Brasília: CNI/DIREX, 2005.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Contas Regionais do Brasil 2002. 2.ed. Rio de Janeiro: autor, 2004.

INSTITUTO EUVALDO LODI. Projeto de Desenvolvimento Tecnológico Regional: manual. Brasília: IEL Núcleo Central, 2000.

LUCCHESI, Rafael; LIMA, Marcos Cerqueira e CAVALCANTE, Luiz Prado. Parques tecnológicos e desenvolvimento regional em sistemas de inovação fragmentados. Salvador, BA: Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado da Bahia, 2005.

MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA. Ciência e Tecnologia. Ação Regional. Diretrizes para 2001-2002. Brasília: MCT, CNPq e FINEP, 2001.

______. Arranjos Produtivos Locais. Brasília: SECIS/MCT, 2004.

______. Plano Plurianual de Ciência e Tecnologia do Governo Federal. PPA 1996-1999. Brasília: MCT, 1996.

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR. Fórum de Competitividade. Diálogo para o Desenvolvimento. Documento Básico. Brasília: SPD/MDIC, set. 2004.

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO. O Desafio do Planejamento Governamental. Brasília: Secretaria de Planejamento e Investimentos Estratégicos/MPOG, 2002.

ROCHA NETO, Ivan. Sistemas locais de inovação dos Estados do Nordeste do Brasil. Rio de Janeiro: Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, março 1998 (Nota Técnica 12/98). Disponível em: . Acesso em ago. 2004.

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS. Metodologia de Desenvolvimento de Arranjos Produtivos Locais. Brasília: autor, 2004 (Projeto PROMOS, SEBRAE e BID).

______. Metodologia do Programa SEBRAE Cadeias Produtivas Agroindustriais. Brasília: Edições SEBRAE, 2000.

______. Termo de Referência para Atuação do Sistema SEBRAE em Arranjos Produtivos Locais. Brasília: Edição SEBRAE, jul. 2003 (Série Documento).

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. Focalizações Regionais. Plano Estratégico do SENAI: revisão 2000 – 2010. Brasília: Departamento Nacional/SENAI, 2000a.

______. Plano Estratégico do SENAI: revisão 2000 – 2010. Brasília: Departamento Nacional/SENAI, 2000b.

Publicado
2016-02-22
Seção
Artigos