A Governança Territorial no Circuito das Malhas do Sul de Minas Gerais

Lucas Labigalini Fuini

Resumo


Este trabalho tem como objetivo central caracterizar a importância de estruturas de coordenação e regulaçãolocais na dinâmica territorial do “Circuito das Malhas do Sul de Minas Gerais”, agregando-se um novo elemento aoestudo da competitividade territorial: a consideração das formas de “governança” e distribuição de poder em cadeiase sistemas produtivos com forte componente local e regional.

Palavras-chave


Governança. Território. Circuito das malhas.

Texto completo:

PDF

Referências


BENKO, G. Economia, espaço e globalização: Na aurora do século XXI. São Paulo: Hucitec, 1996.

BENKO, G.; PECQUEUR, B. Os recursos de territórios e os territórios de recursos. Geosul. Florianópolis, v. 16, n. 32, p. 31-50, jul./dez, 2001.

BOYER, R. A Teoria da Regulação: Uma Análise crítica. São Paulo: Nobel, 1990.

BORIN, P. Divisão interurbana do trabalho e uso do território nos municípios de Águas de Lindóia (SP), Lindóia (SP), Serra Negra (SP), Socorro (SP) e Monte Sião (MG). 128 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – USP, São Paulo, 2003.

CASTRO, I. E. de. Instituições e Território: Possibilidades e limites ao exercício da cidadania. Geosul. Florianópolis, v. 18, n. 36, p. 7-28, 2003. COLLETIS-WAHL, K.; PECQUEUR, B. Territories, Development148A governança territorial no circuito das Malhas do Sul de Minasde Gerais148 INTERAÇÕES, Campo Grande, v. 9, n. 2 p. 141-148, jul./dez. 2008.Lucas Labigalini FuiniINTERAÇÕES, Campo Grande, v. 9, n. 2, p. 141- 148, jul./dez. 2008., and Specific Resources: What Analytical Framework?. Regional Studies. Reino Unido, v. 35, n. 5, p.449-59, 2002.

FUINI, L. L. A relação entre competitividade e território no Circuito das Malhas do Sul de Minas. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Programa de Pós-graduação em Geografia, IGCE-UNESP, Rio Claro, 2007.

HUMPHREY, J.; SCHIMITZ, H. How Does Insertion in Global Value Chains Affect Upgrading in Industrial Clusters?. Regional Studies. Reino Unido, v. 36, n. 9, p. 1017-27, 2002.

MARKUSEN, A. Mudança econômica regional segundo o enfoque centrado no ator. In DINIZ, C. C.; LEMOS, M. B. (org.). Economia e território. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2005.

PIRES, É. L. S. Os mercados de trabalho nas Zonas de Integração Regional: A construção inacabada da regulação salarial na União Européia. Tese (Livre Docência) – IGCE, UNESP, Rio Claro, 2003.

PIRES, É. L.; MULLER, G.; VERDI, A. R. Instituições, Territórios e Desenvolvimento Local: Delineamento preliminar de aspectos teóricos e morfológicos. Geografia – Associação de Geografia Teorética. Rio Claro/SP, v. 31, p. 437-54, set/dez. de 2006.

PORTER, M. Competição: Estratégias Competitivas Essenciais. Rio de Janeiro: Elsevier/Campus, 1999.

SANTOS, M. A Natureza do Espaço: Técnica e Tempo, Razão e Emoção. São Paulo: Hucitec, 1996.

SENGENBERGER, W.; PIKE, F. Distritos Industriais e Recuperação Econômica Local: Questões de pesquisa e de política. In: COCCO, G., et al. (org.). Empresários e empregos nos novos territórios produtivos: O caso da Terceira Itália, 2. ed. Rio de Janeiro: Coleção Espaços do Desenvolvimento, Sebrae e DP&A Editora, 2002, p. 101-46.

STORPER, M.; HARRISON, B. Flexibilidade, Hierarquia e Desenvolvimento Regional: As mudanças de estrutura dos Sistemas Produtivos Industriais e seus novos modos de Governância nos anos 90. In: BENKO, G. E LIPIETZ, A (org.), As Regiões Ganhadoras. Distritos e Redes: Os novos paradigmas da Geografia Econômica. Oeiras: Celta Editora, 1994, p. 171-88.

STORPER, M. Desenvolvimento territorial na economia global do aprendizado: o desafio dos Países em Desenvolvimento. In: RIBEIRO, L. C. de Q.; SANTOS JR. O. A. dos (org.). Globalização, fragmentação e reforma urbana: O Futuro das Cidades Brasileiras na Crise. São Paulo: Civilização Brasileira, 1995, p. 23-63.

VALENTIM R. O Capital Social como um dos elementos que compõem a Dinâmica do Desenvolvimento Regional. In: BECKER, D. F.; WITTMAN, M. L. (org.). Desenvolvimento regional: abordagens interdisplinares. Sta. Cruz do Sul/RS: Edunisc, 2003, p.245-61.




DOI: http://dx.doi.org/10.20435/interações.v9i2.410

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1984-042X (versão online)
ISSN 1518-7012 (versão impressa, até v. 16, n. 1, jan./jun. 2015)