Desenvolvimento e populações indígenas: direções possíveis e desafios necessários

Marta Regina Brostolin

Resumo


O presente trabalho aborda o tema desenvolvimento em populações indígenas, coloca em discussão oprocesso de pauperização e subsistência das populações indígenas vinculado a questão territorial. Traz no bojo dadiscussão uma análise sobre a implantação e fracasso dos projetos de desenvolvimento implantados em terrasindígenas, ressaltando a importância do território para os povos indígenas como base para a construção de umetnodesenvolvimento, de modo a conformar unidades político-administrativas que lhes permita serem autônomosquanto ao seu desenvolvimento étnico e de terem a capacidade de impulsioná-lo.

Palavras-chave


Populações indígenas; território; etnodesenvolvimento.

Texto completo:

PDF

Referências


AZANHA, G. Etnodesenvolvimento, mercado e mecanismos de fomento: possibilidades de desenvolvimento sustentado para as sociedades indígenas no Brasil. In: LIMA, A. C. e HOFFMANN M. B. Etnodesenvolvimento e políticas públicas: bases para uma nova política indigenista. Rio de Janeiro: Contra Capa Livraria, 2002.

BRAND, A. Interculturalidade e Desenvolvimento Local: a problemática da subsistência econômica das sociedades indígenas em MS. Campo Grande: UCDB, 1999. (mimeo).

_____. Desenvolvimento Local em comunidades indígenas no Mato Grosso do Sul: a construção de alternativas. In: Interações. Campo Grande: UCDB, n. 2, p. 59-68, mar. 2001.

BREMEN, V. Fluentes de caza y recoleción modernas. Projectos de ayuda al desarollo destinados a los indigenas del Gran Chaco, s. l. 1987.

CARVALHO, E.; JUNQUEIRA, C. (org.) Antropologia e indigenismo na América Latina. São Paulo: Cortez, 1981.

GALLOIS, D. Sociedades indígenas e desenvolvimento: discursos e práticas para pensar a tolerância. In: GRUPIONI, L. D. et alii (org.) Povos indígenas e tolerância: construindo práticas de respeito e solidariedade. São Paulo: USP, 2001.

LAFER, B. M. A nova utopia indígena: os projetos econômicos. In: CARVALHO, E.; JUNQUEIRA, C. (org.) Antropologia e indigenismo na América Latina. São Paulo: Cortez, 1981.

MESQUITA, Z. (org). Territórios do cotidiano: uma introdução a novos olhares e experiências. Porto Alegre: Ed. Universidade/UFRGS, 1995.

OLIVEIRA FILHO, J. P. Ensaios em Antropologia Histórica. Rio de janeiro: Editora UFRJ, 1999.

_____. Sociedades indígenas e indigenismo no Brasil. Rio de Janeiro: UFRJ, 1987.

SANTILLI, M. O aviso do retrocesso. In: Tempo e Presença. Ano 14, n. 256, São Paulo,1992.

VERDUM, R. Etnodesenvolvimento e mecanismos de fomento do desenvolvimento dos povos indígenas. In: LIMA, A C.; HOFFMANN M. B. Etnodesenvolvimento e políticas públicas: bases para uma nova política indigenista. Rio de Janeiro: Contra Capa Livraria, 2002.

VIDAL, L. B. As terras indígenas no Brasil In: GRUPIONI, L. D. et alii (org.) Povos indígenas e tolerância: construindo práticas de respeito e solidariedade. São Paulo: USP, 2001.

VINUESA, Miguel Angel Troitiño. Ordenacion del território y desarrollo territorial: las construcción de las geografias del futuro. In: Lecturas geograficas – homenagem ao Prof. Estébanes Alvar´z. Madrid. UCM, 1999




DOI: http://dx.doi.org/10.20435/interações.v6i10.518

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 
Indexada em:
 
 

ISSN 1984-042X (versão online)