Contribuição da religião para com o desenvolvimento local: estudo de caso da organização “Dando as Mãos”

Elizabete Maria da Silva, Marney Pascoli Cereda

Resumo


O instável tecido social do meio rural brasileiro mostra que a posse da terra por si não tem conseguidodesenvolvimento. Das instituições com que entraram em contato antes e apos a posse da terra, as organizaçõesreligiosas são as mais lembradas. O artigo analisou o papel da religião na organização social do assentamento porentrevistas com assentados. A confi ança destacou-se como a atitude determinante do restabelecimento das frágeisligações na comunidade estudada.

Palavras-chave


Religião. Desenvolvimento local. Confiança.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAMOVAY, Ricardo; VEIGA, José Eli. Novasinstituições para o desenvolvimento rural: o caso do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF), 1999. In: GUEDES, Vicente G. F.; SILVEIRA, Miguel Ângelo. A agricultura familiar como base do desenvolvimento rural sustentável. Jaguariúna-SP: EMBRAPA/CNPMA.

ÁVILA, Vicente Fideles de. Educação escolar e desenvolvimento local: realidade e abstração no currículo. Brasília: Plano Editora, 2003.

______. Formação educacional em desenvolvimento local: relato de estudo em grupo e análise de conceitos. 2.ed Campo Grande: UCDB, 2000.

ALVES, Rubens. O que é religião. São Paulo: Brasiliense, 4.ed., 1983.

BRASIL. Lei n. 4.504, de 30 de novembro de 1964. Regula os direitos e obrigações concernentes aos bens imóveis rurais, para os fi ns de execução da Reforma Agrária e Promoção da Política Agrícola.

BBURITY, Joanildo A. Identidade e cidadania: a cultura cívica no contexto de uma nova relação entre sociedade civil, indivíduos e estado. Biblioteca virtual, consejo latino Americano de ciência socieales – CLACSO. Disponível em: . Acesso em: 15 jan. 2009.

CALDEIRA, Álvaro da C. Cooperativismo e economia solidária. Disponível em: . Acesso em: 03 abr. 2008.

CARDENAL, Fernando. La renovación necesaria: desarrollo humano. ENVIO - Revista (Digital) Mensual de Análisis de Nicaragua y Centroamérica. Mana gua-NI: Universidad Centroamericana, octubre/ 1994. Disponível em: . Acesso em: 4 nov. 2008.

CARVALHO, César Moisés. A humanidade e o fenômeno religioso. Mensageiro da Paz, Ano 79, n. 1480, p. 25, Rio de Janeiro: CPAD, Setembro de 2008.

DEMARCHI, Irma. Congregação das Irmãs Catequistas Franciscanas, 50 anos em Mato Grosso a serviço da vida e da esperança. A Tribuna, Rondonópolis-MT, março de 1997.

ECONOMIA SOLIDÁRIA. Entrevista com Poul Singer. Estud. av. [online]. 2008, v. 22, n. 62 [cited 2010- 01-09], p. 289-314. Disponível em: . ISSN 0103- 4014. doi: 10.1590/S0103-40142008000100020. GAIGER, Luiz Inácio. A economia solidária e o projeto de outra mundialização. Dados [online]. 2004, v. 47, n. 4, p. 799-834. ISSN 0011-5258.

GUÉRIN, Isabelle. As mulheres e a economia solidária. São Paulo: Edições Loyola, 2005.

GIULIANE, G. M. e CASTRO, E. G. Recriando espaços sociais: uma análise de dois assentamentos rurais no Estado do Rio de Janeiro. Estudos Sociedade e Agricultura, n. 6, jul. 1996.

LEMOS, Carolina Teles. O sagrado na vida e na sociedade, p. 43s. Função social das religiões nas sociedades socialistas e comunista. Disponível em: . Acesso em: 16 jan. 2009.

LOWY, Michael. A teologia da Libertação acabou? Teoria e Debate. São Paulo: Perseu Abramo, ano 9, n. 31, Abr/

MARTINS, R. O. Desenvolvimento Local e turismo: por uma ética de compromisso e responsabilidade com o lugar e com a vida. INTERAÇÕES - Revista Internacional de Desenvolvimento Local, v. 06, n. 10, p. 109-118, março de 2005.

MELLO, Paulo Freire. Rotatividade em assentamentos rurais. Raízes, Campina Grande, v. 25, n. 1 e 2, p. 55–64, jan./dez. 2006. Disponível em: . Acesso em: 12 jan. 2010.

MENEZES NETO, Antônio Julio de. As relações da igreja católica com os movimentos sociais do campo: a ética da teologia da libertação e o espírito do socialismo no MST. UFMG Brasil, 2006, p. 7 disponivel em: . Acesso em: 15 de janeiro de 2009.

PETRAS, James. Os camponeses: uma nova força revolucionária na América Latina. In: STEDILE, João Pedro (Org). A reforma agrária e a luta do MST. Petrópolis: Vozes, 1997.

PRIORIDADES - Estratégia do Mercado Interno – Plano Plurianual, 2006-2009, Recife.

PROJETO “FÉRIAS DIFERENTES”. Província Santa Tereza do Menino Jesus. Relatório de uso interno das atividades realizadas no ano de 2000, junto a assentados e acampados da região da Diocese de Rondonópolis.

REDE AMAZÔNIA SOLIDÁRIA. Formação de Agentes de Desenvolvimento Solidário. Novos laços desenvolvendo a Amazônia, 2006. Disponível em: . Acesso em: 18 nov. 2006.

SILVA, M. E.; CEREDA P. M. O povoamento do município de São José do Povo, MT, no contesto da segurança alimentar: um estudo de caso. In: COLOQUIO INTERNACIONAL DE DESENVOLVIMENTO LOCAL, 2., 2007, Campo Grande. Anais... Campo Grande: Universidade Católica Dom Bosco. Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento Local, 2007.

STÜLP, Cleto João. José Gomes: Terceiro Bispo de Chapecó. In: CÂNDICO, Edinei da Rosa (Org.) Proposta para uma Patrologia local: personalidades da história da igreja de Santa Catarina. Cadernos Patrísticos, Florianópolis, v. 3, n. 5, p. 270, maio 2008.

VALANDRO, Ede Maria. Em resposta ao clamor do povo... a Congregação das Irmãs Catequistas Franciscanas. Joinville, 02 de agosto de 1990.




DOI: http://dx.doi.org/10.20435/interações.v12i1.353

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 
Indexada em:
 
 

ISSN 1984-042X (versão online)