Conflitos na gestão do Parque Nacional da Serra da Bocaina: entraves ao desenvolvimento local na vila de Trindade (Paraty, RJ)

Bruna Ranção Conti, Diogo de Carvalho Antunes

Resumo


Este trabalho tem por objetivo evidenciar os confl itos socioambientais presentes na gestão do ParqueNacional da Serra da Bocaina, na área da vila de Trindade, e destacar as contradições entre as lógicas dedesenvolvimento implícitas nesse processo. O estudo se insere no debate sobre as velhas e novas concepções dedesenvolvimento, com foco na gestão de unidades de conservação. A partir da experiência apresentada, constata-seque ainda é preciso avançar na integração entre sociedade e natureza e na descentralização da gestão dessas áreas.

Palavras-chave


Desenvolvimento. Conflitos socioambientais. Participação social.

Texto completo:

PDF

Referências


ACSELRAD, H. As Práticas espaciais e o campo dos conflitos ambientais. In: Acselrad H. (Org). Conflitos ambientais no Brasil. Rio de Janeiro: Relume Dumara; Fundação Heinrich Boll, 2004.

BENEVIDES, I. P. Planejamento governamental, produtos e territorialidades turísticos no Ceará. In: ENCONTRONACIONAL DE TURISMO COM BASE LOCAL, 6., 2002, Campo Grande. Anais... Campo Grande: [s.l.], 2002. p. 21.

BENSUSAN, N. A conservação da biodiversidade em áreas protegidas. Rio de Janeiro: FGV, 2006.

BRANDÃO, C. Território e desenvolvimento: as múltiplas escalas entre o local e global. Campinas: UNICAMP, 2007.

BRASIL. Lei 9.985, de 18 de julho de 2000. Regulamenta o art. 225, § 1o, incisos I, II, III e VII da Constituição Federal, institui o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza e dá outras providências. Disponível em: . Acesso em: 14 out. 2011.

______. Ministério do Meio Ambiente/IBAMA/DIREC Plano de manejo do Parque Nacional da Serra da Bocaina: encarte n. 5. Brasília: FEC/UNICAMP, 2002.

CARVALHO, J. C. A vocação democrática da gestão ambiental brasileira e o papel do Poder Executivo. In: TRIGUEIRO, A. (Coord.). Meio ambiente no século 21. Rio de Janeiro: Sextante, 2005.

CONTI, B. R. Proteção da natureza e qualidade de vida em Trindade (Paraty-RJ): para entender o ecoturismo no Parque Nacional na Serra da Bocaina. Dissertação (Mestrado em Psicossociologia de Comunidades e Ecologia Social) – Programa EICOS, Instituto de Psicologia, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2011.

DIEGUES, A. C. S. O mito moderno da natureza intocada. 4. ed. São Paulo: Hucitec; Núcleo de Apoio à Pesquisa sobre Populações Humanas e Áreas Úmidas Brasileiras, USP, 2004.

DINIZ, E. Estado, variedades de capitalismo e desenvolvimento em países emergentes. Desenvolvimento em Debate. Rio de Janeiro, v. 1, n. 1, p. 7-27, jan.-abril, 2010.

EVANS, Peter. Constructing the 21st century developmental state: potentialities and pitfalls, 2010.

IRVING, M. A. Áreas protegidas e inclusão social: uma equação possível em políticas públicas de proteção da natureza no Brasil? Sinais Sociais, Rio de Janeiro, v. 4, n. 12, p. 122-147, 2010.

IRVING, M. A.; MATOS, K. Gestão de parques nacionais no Brasil: projetando desafi os para a implementação do Plano Nacional Estratégico de Áreas Protegidas. Floresta e Ambiente, Rio de Janeiro, v. 13, n. 2, p. 89-96, 2006.

LUCHIARI, M. T. D. P. O. Lugar no mundo contemporâneo: turismo e urbanização em Ubatuba-SP. Dissertação (Doutorado) – Insituto de Filosofi a e Ciências Humanas, Universidade Estadual de Campinas (IFCHUNICAMP), Campinas, 2000.

MELO, G. M. A leitura da gestão dos parques nacionais sob a ótica das populações locais: os parques Montanhas de Tumucumaque e Cabo Orange. 2007. Dissertação (Mestrado em Psicossociologia de Comunidades e Ecologia Social) – Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ/ IP/EICOS), Rio de Janeiro, 2007.

OLIVEIRA, A. C. Turismo em áreas “menos desenvolvidas”: caracterização, desenvolvimento e planejamento turístico da vila de Trindade, município de Paraty/ Rio de Janeiro – Brasil. Pasos - Revista de Turismo y Patrimônio Cultural. Tenerife, v. 3, n. 1, p. 149-169, 2005.

PEREIRA, Francine Maria. Vila da Trindade, Paraty, RJ: Turismo Sustentável? Santo André: Uni ABC, 2001. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Projeto Desenvolvimento Humano no Brasil com a participação do IPEA, FJP e IBGE. Desenvolvimento humano e condições de vida: indicadores brasileiros. Brasília, 1998.

SEN, A. Desenvolvimento como liberdade. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.




DOI: http://dx.doi.org/10.20435/interações.v13i2.317

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 
Indexada em:
 
 

ISSN 1984-042X (versão online)