Contribuições da atividade leiteira para o desenvolvimento rural e para a reprodução da agricultura familiar em um município do sul catarinense

Vandreça Vigarani Dorregão, Giovana Ilka Jacinto Salvaro, Dimas de Oliveira Estevam

Resumo


Como parte das discussões apresentadas em uma dissertação, desenvolvida no período de 2016-2018, o artigo buscou demonstrar as contribuições da atividade leiteira para o desenvolvimento rural e para a reprodução da agricultura familiar em um município do sul catarinense. Os resultados analisados evidenciaram a relevância da atividade leiteira na região, assim como mudanças significativas nas unidades familiares de produção pesquisadas.


Palavras-chave


agricultura familiar; desenvolvimento rural; atividade leiteira.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAMOVAY, Ricardo. Paradigmas do capitalismo agrário em questão. São Paulo:

Hucitec/Edunicamp/Anpocs. 1992.

BRASIL. Lei nº 11.326, de 24 de julho de 2006. Política Nacional da Agricultura Familiar e Empreendimentos Familiares Rurais. Disponível em: . Acesso em: 12 abr. 2017.

CARNEIRO, Maria José. Do rural como categoria de pensamento e como categoria analítica. In: ______. Ruralidades contemporâneas: modos de viver e pensar o rural na sociedade brasileira. Rio de Janeiro: Mauad X: FAPERJ, 2012.

EMPRESA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA E EXTENSÃO RURAL DE SANTA CATARIANA (EPAGRI). 2018.

ESTEVAM, Dimas de Oliveira; MARIA, Fernanda Lidório; SALVARO, Giovana Ilka Jacinto. As estratégias coletivas dos/as agricultores/as familiares para acessar o mercado: estudo das cooperativas de leite do Sul de Santa Catarina – Brasil. In: XXX CONGRESO LATINOAMERICANO DE SOCIOLOGÍA - ALAS 2015. San José - Costa Rica. Acta académica: XXX Congreso de la Asociación Latinoamericana de Sociología, 2015.

FERRARI, Dilvan Luiz et. al. Agricultores familiares, exclusão e desafios para inserção econômica na produção de leite em Santa Catarina. Informações Econômicas, São Paulo, v.35, n.1, p. 22-36, jan. 2005. Disponível em: . Acesso em: 18 jan. 2018.

FURTADO, Celso. Pequena introdução ao desenvolvimento: enfoque interdisciplinar. São Paulo: Ed. Nacional, 1980.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 2010.

GONZÁLEZ REY, Fernando L. Pesquisa Qualitativa em Psicologia: caminhos e desafios. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2005.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICAS (IBGE). Pecuária 2015. Disponível em: < https://sidra.ibge.gov.br/pesquisa/ppm/tabelas>. Acesso em: 16 jan. 2018.

___________. Censo Agropecuário 2006. Disponível em: . Acesso em: 16 jan. 2018.

LAMARCHE, H. L. Agriculture Familiale II: du mythe à la realité.

Paris, L’Harmattan, 1994.

________. A agricultura familiar I: uma realidade multiforme. Campinas,

Editora da UNICAMP, 1993.

LUZ, Carlos Cesar Vieira da. Fatores que afetam a inovação tecnológica de sistemas produtivos de produtores familiares na cadeia produtiva leiteira do Distrito Federal. 2014. 191 f. Dissertação (Mestrado em Agronegócios) Universidade de Brasília, Brasília, 2014. Disponível em: . Acesso em: 20 abr. 2016.

MARASCHIN, Ângela de Faria. As relações entre produtores de leite e cooperativas: um estudo de caso na bacia leiteira de Santa Rosa-RS. 2004. 146 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Rural) Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2004. Disponível em: . Acesso em: 20 abr. 2016.

MARTINS, José de Souza. O futuro da Sociologia Rural e sua contribuição para a qualidade de vida rural. Estud. av., São Paulo , v. 15, n. 43, p. 31-36, dez. 2001. Disponível em: . Acesso em: 05 abr. 2017.

MELLO, Márcio Antonio de. A trajetória da produção e transformação do leite no oeste catarinense e a busca de vias alternativas. 1998. 165 f. Dissertação (Mestrado em Agroecossistemas) Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 1998. Disponível em: . Acesso em: 20 abr. 2016.

MORAES, Alexandra de. Produção Leiteira e Desenvolvimento Regional: uma análise dos agentes da cadeia produtiva na Região Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. 2010. 165 f. Dissertação (Mestrado em Administração) Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2010. Disponível em: . Acesso em: 20 abr. 2016.

RIQUINHO, Deise Lisboa; HENNINGTON, Élida Azevedo. Cultivo do Tabaco no Sul do Brasil: folha verde e outros agravos à saúde. Ciência & Saúde Coletiva, v. 19, n. 12. p. 4797-4808, 2014. Disponível em: . Acesso em: 26 jan. 2018.

RODRIGUES, Renata Gonçalves. Atividade leiteria em unidades de produção familiar quanto a tipologia de produtores, na microregião de Erechim-RS. 2011. 115 f. Dissertação (Mestrado em Agronegócios) Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011. Disponível em

. Acesso em: 20 abr. 2016.

SANTIAGO, Maria Helena Furtado. A sucessão em unidades produtoras de leite de base familiar na Zona da Mata Mineira. 2010. 123 f. Dissertação (Mestrado em Instituições sociais e desenvolvimento; Cultura, processos sociais e conhecimento) Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010. Disponível em: .

Acesso em: 20 abr. 2016.

SCHMITZ Aline Motter; SANTOS, Roselí Alves dos. A produção de leite na agricultura familiar do Sudoeste do Paraná e a participação das mulheres no processo produtivo. Terr@Plural, Ponta Grossa, v.7, n.2, p. 339-355, jul/dez. 2013. Disponível em: . Acesso em: 31 jan. 2018.

SCHMITZ, Aline Motter. O Trabalho das Mulheres Agricultoras Familiares na Atividade Leiteira. 2014. 200 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Francisco Beltrão, 2014. Disponível em:

Acesso em: 20 abr. 2016.

SCHNEIDER, Sergio. Evolução e Características da Agricultura Familiar no Brasil. Revista ALASRU - Análisis Latinoamericano del Medio Rural, Estado do México, n.9, p. 21-52, outubro. 2014.

SEN, Amartya. Desenvolvimento com liberdade. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

VEIGA, José E. O desenvolvimento agrícola: uma visão histórica. São Paulo, Hucitec,

WANDERLEY, Maria de Nazareth Baudel. Agricultura familiar e campesinato: rupturas e continuidade, Estudos Sociedade e Agricultura, Rio de Janeiro, n. 21, p. 42-61, out. 2003. Disponível em: . Acesso em: set 2016.

______. O mundo rural como um espaço de vida: reflexões sobre a propriedade da terra, agricultura familiar e ruralidade. Porto Alegre: Editora UFRGS, 2009.

______. Raízes históricas do campesinato brasileiro. In: TEDESCO, João Carlos (Org.). Agricultura Familiar: realidades e perspectivas. 3 ed. Passo Fundo: UPF, 2001. p. 21-55.




DOI: http://dx.doi.org/10.20435/inter.v20i3.1902

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 
Indexada em:
 
 

ISSN 1984-042X (versão online)