Educação para aposentadoria: avaliação dos impactos de um programa para melhorar qualidade de vida pós-trabalho

Lusineide Ferreira Martins, Elisa Silva Borges

Resumo


A transição para aposentadoria pode eliciar crises no sujeito, assim o Programa de Educação para Aposentadoria foi desenvolvido a fim de auxiliar os servidores públicos nesse processo. O objetivo do artigo foi de relatar a experiência da implantação deste. Os métodos empregados foram: revisão da literatura, entrevistas, Escala de Mudança em Comportamento de Planejamento em Aposentadoria e Rodas de Conversa. Após avaliação do Programa, houve mudanças nas intenções e comportamentos.

Palavras-chave


trabalho; aposentadoria; Programa de Preparação para Aposentadoria.

Texto completo:

PDF

Referências


AFONSO, Maria Lúcia; ABADE, Flávia Lemos. Para reinventar as rodas: rodas de conversa em direitos humanos. Belo Horizonte: RECIMAM, 2008.

BRASIL. Portaria n. 1.261, de 5 de maio de 2010. Institui os princípios, diretrizes e ações em saúde mental que visam orientar os órgãos e entidades do Sistema de Pessoal Civil – SIPEC da Administração Pública Federal sobre a saúde mental dos servidores. Brasília, DF: Secretaria de Recursos Humanos, Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, 2010.

______. Lei n. 8.842, de 4 de janeiro de 1994. Dispõe sobre a Política Nacional do Idoso, cria o Conselho Nacional do Idoso e dá outras providências. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 5 jan. 1994.

BOTH, Tatiana. Lima. Jubilamento: o interdito de uma vida de trabalho e suas repercussões na velhice. 2004. 98 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social e Institucional) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, 2004.

BRUNS, Maria Alves de Toledo; ABREU, Antonio Suarez. O envelhecimento: encantos e desencantos da aposentadoria. Revista da ABOP, v. 1, n. 1, p. 5-33, 1997.

CARLOS, Sergio Antonio et al. Identidade, aposentadoria e terceira idade. Est. Interdiscipl. Envelhec., Porto Alegre, v. 1, p. 77-89, 1999.

CUDE, Roger L.; JABLIN, Frederic M. Retiring from work: the paradoxical impact of organizational commitment. Journal of Managerial Issues, v. 4, n. 1, 1992, p. 31-45.

DEJOURS, Cristophe. Entre o desespero e a esperança: como reencantar o trabalho? CULT, São Paulo, n. 139, p. 49-53, set. 2010.

______. Entre sofrimento e reapropriação: o sentido do trabalho. In: LANCMAN, Selma; Sznelwar, Laerte Idal (Org.). Christophe Dejours: da psicopatologia à psicodinâmica do trabalho. Rio de Janeiro: Fiocruz; Brasília, DF: Paralelo 15, 2004. p. 433-448.

______. A loucura do trabalho: estudo de psicopatologia do trabalho. Tradução de A.I. Paraguay; L.L. Ferreira. São Paulo: Cortez-Eboré. 1987, 168 p.

DUARTE, Camila Vianna; MELO-SILVA, Lucy Leal. Expectativas diante da aposentadoria: um estudo de acompanhamento em momento de transição. Revista Brasileira de Orientação Profissional, São Paulo, v. 10, n. 1, p. 45-54, jun. 2009.

FIGUEIREDO, Nara Cristina Macedo de. Interfaces do trabalho voluntário na aposentadoria. 2005. 170f. Dissertação. Mestrado em Psicologia Social e Institucional. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

FONSECA, Maria Aparecida Mose Ferreira da. A transição do servidor público para a aposentadoria: uma avaliação sobre preocupações do pré-aposentado. 2011. Dissertação (Mestrado Profissional em Avaliação) - Fundação Cesgranrio, Rio de Janeiro, RJ, 2011.

FRANÇA, Cristineide Leandro. Modelo de intervenção breve para planejamento da aposentadoria: desenvolvimento e avaliação. 2012. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica e Cultural) - Universidade de Brasília (UnB), Brasília, DF, 2012.

FRANÇA, Lucia Helena de Freitas Pinho. Influências sociais nas atitudes dos ‘Top’ executivos em face da aposentadoria: um estudo transcultural. Revista de Administração Contemporânea, Curitiba, v. 13, n. 1, p. 17-35, jan./mar. 2009.

FRANÇA, Lucia Helena de Freitas Pinho et al. Aposentar-se ou continuar trabalhando? O que influencia essa decisão? Psicologia: ciência e profissão, Brasília, v. 33, n. 3, p. 548-563, 2013.

FRANÇA, Lucia Helena de Freitas Pinho; SOARES, Dulce Helena Penna. Preparação para a aposentadoria como parte da educação ao longo da vida. Psicologia: Ciência e Profissão. Brasília, v. 29, n. 4, p. 738-751, 2009.

LEANDRO-FRANÇA, Cristineide; MURTA, Sheila Giardini. Fatores de risco e proteção na adaptação à aposentadoria. Psicologia Argumento, Curitiba, v. 32, n. 76, p. 33-43, jan./mar. 2014 .

MÉLLO, Ricardo Pimentel et al. Construcionismo, práticas discursivas e possibilidades de pesquisa em psicologia social. Psicologia & Sociedade, Porto Alegre, v. 19, n. 3, p. 26-32, set./dez. 2007.

MENDES, Ana Magnólia Bezerra. Aspectos psicodinâmicos da relação homem-trabalho: as contribuições de C. Dejours. Psicologia: Ciência e Profissão, Brasília, v. 15, n. 1-3, p. 34-38, 1995.

MORAGAS-MORAGAS, Ricardo. Gerontología Social: envejecimiento y calidad de vida. 2. ed. Barcelona: Herder, 1998. 304p.

PROCHASKA, James; DICLEMENTE, Carlo. Transtheoretical therapy: toward a more integrative model of change. Psychoterapy: teory, research, and practice, v. 19, p. 276-288, 1982.

SANTOS, Maria de Fátima de Souza. Identidade e aposentadoria. São Paulo: EPU, 1990, 80 p.

SELIG, Gabrielle Ana; VALORE, Luciana Albanese. Imagens da aposentadoria no discurso de pré-aposentados: subsídios para a orientação profissional. Cadernos de Psicologia Social do Trabalho, v. 13, n. 1, p. 73-87, 2010.

SOARES, Dulce Helena Penna et al. Aposenta-Ação: Programa de Preparação para Aposentadoria. Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento, Porto Alegre, v. 12, p. 143-161, 2007.

VARELLA, Maria das Graças Araújo. Significado do trabalho e aposentadoria: um estudo entre os docentes de uma instituição federal de ensino. 2013, 153 f. Dissertação (Mestrado em Administração Profissional) - Universidade Potiguar (UnP), Natal, RN, 2013.

ZANELLI, José Carlos; SILVA, Narbal. Programa de preparação para a aposentadoria. Florianópolis: Insular, 1996.

ZANELLI, José Carlos; SILVA, Narbal; SOARES, Dulce Helena Penna. Orientação para aposentadoria nas organizações de trabalho: construção de projetos para o pós-carreira. Porto Alegre: Artmed, 2010. 143 p.




DOI: http://dx.doi.org/10.20435/inter.v18i3.1496

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 
Indexada em:
 
 

ISSN 1984-042X (versão online)