Cadê a minha cidade, ou o impacto da tragédia da Samarco na vida dos moradores de Bento Rodrigues

Maria Geralda Miranda, Reis Friede, Aline Cordeiro Rodrigues, Dafne Sampaio Almeida

Resumo


Este trabalho aborda aspectos ligados à desterritorialização dos habitantes de Bento Rodrigues, povoado que desapareceu do mapa após o rompimento da barragem do Fundão, da mineradora Samarco, em Mariana, Minas Gerais, Brasil. Para amparar o estudo, foram utilizadas reflexões de Cancline, Haesbaert, Lefebvre, dentre outros e, ainda, reportagens e documentos oficiais. As conclusões são que tal tragédia tem implicações imensuráveis quando analisadas sob a ótica subjetiva dos moradores que perderam suas casas, seus entes queridos e seus bens culturais.

Palavras-chave


desastre de Mariana; meio ambiente; território; reterritorialização.

Texto completo:

PDF

Referências


ALLUCCI, Renata Rendelucci. Consumir as cidades históricas. In: CONGRESSO INTERNACIONAL COMUNICAÇÃO E CONSUMO, 4., São Paulo, 2014. Anais... Disponível em: <http://www.espm.br/download/Anais_Comunicon_2014/gts/gt_sete/GT07_RENATA_ALLUCCI.pdf>. Acesso em: 28 jul. 2016.

BAETA, Juliana. Contaminação do rio Doce ameaça vida marinha no Espírito Santo. O Tempo, Minas Gerais, nov. 2015. Disponível em: <http://www.otempo.com.br/cmlink/hotsites/mar-de-lama/contamina%C3%A7%C3%A3o-do-rio-doce-amea%C3%A7a-vida-marinha-no-esp%C3%ADrito-santo-1.1161772>. Acesso em: 28 jul. 2016.

CÂMARA DEBATE CENÁRIO do turismo em Mariana. Jornal Ponto Final online, 18 fev. 2016. Disponível em: <http://jornalpontofinalonline.com.br/noticia/5301/camara-debate-cenario-do-turismo-em-mariana>. Acesso em: 26 jul. 2016.

CALVINO, Ítalo. As cidades invisíveis. São Paulo: Companhia das Letras, 1972.

CANCLINI, Nestor Garcia. O patrimônio cultural e a construção imaginária do nacionalismo. Revista do Patrimônio Histórico Artístico e Nacional, Rio de Janeiro, n. 23, p. 91-115, 1994.

D’AGOSTINO, Rosanne. Rompimento de barragem em Mariana: perguntas e respostas. G1 SP, São Paulo, nov. 2015. Disponível em: <http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2015/11/rompimento-de-barragens-em-mariana-perguntas-e-respostas.html>. Acesso em: 26 jul. 2016.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. Capitalismo e esquizofrenia. Rio de Janeiro: Editora 34, 1996. v. 2.

FREITAS, Raquel. Terreno onde será construído novo Bento Rodrigues é definido. G1 MG, Minas Gerais, maio 2016. Disponível em: <http://g1.globo.com/minas-gerais/desastre-ambiental-em-mariana/noticia/2016/05/terreno-onde-sera-construido-novo-bento-rodrigues-e-definido.html>. Acesso em: 23 jul. 2016.

HAESBAERT, Rogério. O mito da desterritorialização: do "fim dos territórios" a multi-territorialidade. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2004.

______. Des-territorialização e identidade: a rede "gaúcha" no Nordeste. Niterói, RJ: EdUFF, 1994.

LEFEBVRE, Henri. O direito à cidade. Tradução de Rubens Eduardo Frias. São Paulo: Centauro, 2001.

MINAS GERAIS, Governo do Estado [de]. Relatório: Avaliação dos efeitos e desdobramentos do rompimento da Barragem de Fundão em Mariana-MG. Responsável: Grupo da Força-Tarefa. Decreto n. 46.892/2015. fev. 2016. Disponível em: < http://www.agenciaminas.mg.gov.br/ckeditor_assets/attachments/770/relatorio_final_ft_03_02_2016_15h5min.pdf>. Acesso em: 20 jul. 2016.

PENSADOR, Gabriel O; TATO. Cacimba de Mágoa. Intérpretes: Gabriel O Pensador e Falamansa. 2016. Disponível em: <https://www.letras.mus.br/gabriel-pensador/cacimba-de-magoa/>. Acesso em: 19 jul. 2016.

ROCHA, Reynaldo. O que houve em Bento Rodrigues não foi um acidente. Foi crime. Revista Veja, Coluna de Augusto Nunes, 2015. Disponível em: <http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/opiniao-2/reynaldo-rocha-o-que-houve-em-bento-rodrigues-nao-foi-um-acidente-foi-crime/>. Acesso em: 20 jul. 2016.

ROLNIK, Raquel. História urbana: história na cidade? In: SEMINÁRIO DE HISTÓRIA DA CIDADE E DO URBANISMO, 1993. Anais... São Paulo, 1993. v. 2, p. 27-29.

SAMARCO. [s.d.]. Disponível em: <http://www.samarco.com/institucional/a-empresa/>. Acesso em: 20 jul. 2016




DOI: http://dx.doi.org/10.20435/inter.v18i2.1410

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 
Indexada em:
 
 

ISSN 1984-042X (versão online)